Posts Tagged ‘nevilton

07
abr
10

Entrevista – Bruno Nogueira sobre o Abril Pro Rock!

Ao lado de Paulo André e Guilherme Moura (RecifeRock!), Bruno Nogueira (Pop-up!) é responsável pelo que vai tocar no Abril Pro Rock, um dos festivais mais importantes do Brasil, dando grandes chances a bandas independentes de conquistar o público.

Aqui, em 4 respostas, Bruno fala de como acontecem as escolhas, do que espera orgulhoso, do que deu errado e do intresse e investimento estrangeiro no festival.

Está por fora do que vai acontecer no Abril Pro Rock deste ano, fiz um post mais explicativo aqui.

Qual a principal preocupação na hora de definir as atrações? A equipe quebra muito a cabeça?

São tantas preocupações que é difícil destacar uma principal. O primeiro é pensar em bandas que nunca tocaram no Recife, apresentar coisa nova e relevante para o público. Em segundo, acho que é evitar repetir bandas com um máximo de três anos das edições passadas. Pau a pau com essas duas questões estão os custos, fazer tudo dentro do orçamento do festival.

Só isso já é trabalho suficiente para quebrar bastante a cabeça. Somos três na curadoria, então some isso ao fato que quase nunca concordamos com a opinião do outro. O conflito é bom, porque filtra bastante as opções.

Qual é a sua banda preferida do line-up?

No momento é o Nevilton. Eu vi o show deles ao vivo em Cuiabá e fiquei de queixo caido – assim como todo mundo que estava lá. Acho que vai ser um dos 3 melhores shows do festival.

Que banda que deu mais trabalho para trazer para o festival?

As bandas que deram mais trabalho trazer não estarão tocando no festival. Queriamos muito ter a Eddie e o Mombojó esse ano, por exemplo. Mas a primeira estava em turnê no sudeste. Chegaram a fazer contra-proposta, que cobrimos, e decidiram não vir mesmo assim. Já a segunda pediu um cachê fora da realidade do festival. No mais, todas as bandas meio que “fluem” com o processo todo.

Como vai funcionar o Abril Pro Rock Club? E qual é a idéia de trazer rádios gringas pro festival?

É uma maneira de aumentar a programação em várias noites, fazendo uma provocação na cidade que é a falta de uma casa para 500/1000 pessoas para essas bandas se apresentarem. As poucas que existem, só abrem espaço para esse tipo de banda em dias como terça-feira, que é dificil de dar público. Também aproveitamos para reforçar os artistas mais regionais, que estavam fora da programação do Abril nos últimos dois ou três anos.

Não estamos trazendo rádios gringas. São elas que estão interessadas em vir. A BBC tem uma relação muito próxima com a música pernambucana. E a Radio 3 de Portugual está começando a crescer esse interesse também. Isso serviu como outra provocação feita pelo Abril. Enquanto as rádios locais não tocam bandas da cidade (não se escuta Nação Zumbi em nenhuma rádio de Pernambuco, por exemplo), as da Europa tocam e ainda por cima investem. [Algumas] noites serão promovidas pelas rádios, ou seja, elas estão patrocinando especificamente essas noites.

Anúncios



Principais mensagens

coverblog

escolta alternaniva

Na telha

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

BlogBlogs

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs
Yoomp

StatCounter

free hit counters