Arquivo para janeiro \31\UTC 2009

31
jan
09

Entre o cover e o plágio: Onde estão as influências?

Gente, isso serve apenas como esclarecimentos. Não escrevi isso como post, antes, foi um comentário que deixei em uma comunidade. Há muito tempo eu queria escrever sobre isso (era sobre isso que eu iria escrever depois do post “Tédio”, na ocasião, viria uma comparção entre a música “Tédio”, do Biquíni Cavadão, e o “Funk do Adultério”, do Mc Catra), mas fiquei com preguiça. Mais do que nunca falar do assunto torna-se necessário a este blog. [pretendo atualizar com carinho]

Isso é “copiar” e “colar” do que eu escrevi em uma comunidade do orkut. eu estou me copiando:

as “reproduções” de músicas ou de trechos podem se enquadrar em quatro gêneros(pelo menos):

*Cover (A reprodução total de letra e melodia, e as vezes, com outros arranjos)
*Paródia(A mesma base de melodia com outra letra)
*Sampler(Uso de trechos melódicos, letras, ou outros elementos, para mixar em uma nova música)
*Plágio (Cópia total ou parcial de trechos incorporados a música como se já fossem dela, como se fossem o origianal)

Uma das diferenças básicas do plágio e do sampler é que o sampler é sim descarado e proposital, mostrando as referências do cantor. Geralmente, utilizados por rappers e outros caras do hip-hop, para não enriquecer a produção. Ás vezes, pegam até a gravação original para colocar entre as batidas, para não ficar uma música pobre. Prefere-se usar as músicas antigas, clássicos de uma época, ou gosto pessoal . O sampler também é visto muito em músicas eletrônicas, para fazer remix, fazendo algo entre o cover e o sampler. Mas os créditos são dados, e reconhecer é questão de repertório. Mas os créditos pela melodia continuam do original.

O plágio é uma cópia mascarada. Você incorpora um trecho e faz dele seu. Se queria o nx queria mostrar carinho e referência, o mínimo que deveria fazer, como fã dos gringos, era avisá-los e pedir autorização, e tentar de alguma maneira delegar os direitos auoraias para os responsáveis.

É, mais ou menos, como a citação em um artigo escolar e bibliografia, quando você da os direitos e indica onde está a cópia vale. Senão, você tira zero e pode ser preso. Plagio é crime. Apropriação ilícita de produçaõ intelectual.

Posts Relacionados:

Tédio – Biquíni Cavadão [Tédio]

Nx Zero e o plágio [Com quantos plágios se faz um hit?]

Rick Bonadio o Midas moderno brasileiro [Rick  Bonadio – Para transformar em ouro]

Anúncios
30
jan
09

Rick Bonadio – Para transformar em ouro

Você já ouviu falar na lenda do Rei Midas, aquele que transformava tudo em ouro? Sim, o Brasil tem sua versão moderna e nacional para este conto. O produtor Rick Bonadio é verdadeiramente uma lenda na música pop brasileira e não nega seu poder, “Midas Studio” é o seu lucal de trabalho. Vamos relembrar essas histórias:

Rick Bonadio pode ser reconhecido pelo público brasileiro por ser o produtor dos reality shows, ele trabalhou nas duas edições do programa Popstars, do SBT, que formou os grupos Rouge e Br’Oz, e recentemente do Country Star, da Band, mas não julgue-o mal por isso, com certeza, ele não foi escolhido para ser jurado do programa por mero acaso ou falta de opções, lembre-se que o Liminha, tido por muitos como melhor produtor brasileiro, também estava neste barco. Voltando a Rick Bonadio…

Ele descobriu bandas como Mamonas Assasinas, que virou sucesso instantâneo e eterno, e Charlie Brown Jr., que continua na ativa. Já produziu CPM22, Fresno, Hateen, IRA!, NX Zero, Planta & Raiz, Titãs, Tihuana, Twistert, Ultraje a Rigor, e muitos outros, pelo Midas Studio já passaram mais de 95 bandas/grupos/cantores com quase todas as iniciais do alfabeto, na lista do site do estúdio só não tem gente com U e Y. Até os Smashing Pumpkins já passaram por lá.

Como diretor da Virgin no Brasil, de 1997 a 2003, ele participou diretamente do desenvolvimento, em solo nacional, de Backstreet Boys, Spice Girls, Britney Spears, Manu Chao, Lenny Kravitz, The Rolling Stones, etc. Hoje, dedica-se ao seu selo Arsenal Music, que tornou-se parte da Universal Music.

Com tantos nomes, minha introdução ficou gigante. Não é para menos, hoje o cara recebe cerca de 30 demos e mais de 40 links de bandas novas a procura de um toque de nosso Midas.

O rei Midas recebeu de Baco (o deus do vinho e das bacanais e baladas do Olimpo) o dom de transformar tudo o que toca em ouro. Algumas versões narram como isso foi virtuoso no começo, e quão desastroso depois. Era bom tocar em pedras e destinar-lhes valor, mas como comer, se o pão e a maçã também transformavam-se em ouro maciço. Ele arrependeu-se e desistiu do poder implorando a Baco. Passou do amor à riqueza para o amor ao campo.

Engana-se quem pensa que a ligação dessa lenda com a música acaba na minha comparação. Midas passou a cultuar Pã (deus do campo). E agora vem a parte legal.

Uma vez, houve um desafio musical entre deuses. Pã desafiou Apolo(deus da luz e do sol, da verdade e da profecia, do pastoreio, do tiro com arco, da beleza, da medicina e da cura, da música, da poesia e das artes). Pã tocou em sua flauta pastoril um melodia rústica que agradou a Midas. Apolo tocou sua lira e agradou a todos, inclusive a Tmolo, o árbitro da ocasião. Quem venceu? O rei da lira e da música que já tinha ganhado de seu filho Cíniras (que cometeu suicídio por isso) e de Mársias (que, ao perder, foi esfolado vivo). Não para Midas que, por considerar Pã melhor, ganhou orelhas de burro.

Com vergonha, Midas escondeu suas orelhas debaixo de um turbante. Sobre o segredo, uns dizem que foi o cabelereiro quem espalhou, outros que foi a esposa do rei. Mas neste mundo moderno e com o advento da internet, pode ter sido qualquer anônimo.

Posts relacionados

Nx Zero e o plágio [Com quantos plágios se faz um hit?]

Entre covers e plágios: Onde estão as influências?

29
jan
09

Com quantos plágios se faz um hit?

Se a bomba estourou a culpa não é minha. O fato e que uma banda gringa – Taking Back Sunday – está acusando o a brasileira Nx Zero de plágio.

A música em questão é “Daqui pra frente”, do disco “Agora”(2008). Os americanos dizem que o refrão da faixa foi tirado de sua “MakeDamnSure”. Eles chegaram ao Nx Zero através de um fã brasileiro, o Maurício. A acusação é grave, mas compare os refrões e vai perceber que é muito igual.

Os mais engraçado é que o myspace da Taking Back Sunday está recebendo vários comentários de brasileiros tanto contra, como “é mesmo parecido, mas vocês são muito melhores”, quanto a favor do brasileiros, e aí o pior: um fake de fãs também se pronunciaram com aquela velha marmelada, que foi apenas questão de influências, mas de um jeito que quase dizia “é plagio, mas não processem o nx. se isso acontecer, eu até viro fã de vocês também já que o som é parecido. e olha, eu faço até sites para bandas”. Vejam trecho do que ele escreveu:

“I would like to give my opinion as a fan of nx zero, they don’t are not copied anything from you, they only had one bit influence of his music. all bands have a little influence of one another, is not it? [Eu queria dar minha opinião como um fã do Nx Zero, eles não copiaram nada de vocês, eles só pegaram um pouco de influências desta música. Todas as bandas têm um pouco de influência de outras, não é?]” (Nx Zero street Team)

Oficialmente, a acessoria da banda diz que os garotos brasileiros estão sabendo da acusação, mas que isso é “coisa boba”, e “preferem nem falar sobre isso”. O Rick Bonadio, produtor dessa e de muitas outra brasileiras, diz que é “inevitável que trechos das melodias pareçam umas com as outras”. (fontes: myspace e portal G1)

Posts relacionados

Rick Bonadio o Midas moderno brasileiro [Rick  Bonadio – Para transformar em ouro]

Entre covers e plágios: Onde estão as influências?

28
jan
09

Arctic Monkeys – Nova Música

Chama-se “Crying Lightning”, a música está sendo executada nos shows de 2009 e, provavelmente, estará no próximo disco da banda inglesa.

O vídeo a seguir foi gravado em Sidney, Australia, no festival Big Day Out.

28
jan
09

Benjamin Button – “Nunca sabemos o que nos espera”

“O Curioso caso de Benjamin Button” foi muito levantado por seus efeitos de maquiagem, que envelhece e rejuvenesce os atores conforme a necessidade. As sinopses e comentários resumiam o filme no caso do homem que nasce velho e torna-se novo ao crescer. O fato é que eu cheguei ao cinema sem saber o que esperar da história.

É bom saber que não existem apenas filmes que acabam com uma vitória, com um grande feito, com uma lição de moral, como a vida que não acaba com uma conquista, mas que continua até o seu fim. Pena que não é um consolo.

São muitos temas que poderiam caber em um livro de auto-ajuda, porém, vejo sobretudo uma crônica que não tem receios de falar de morte. Tem assunto mais cotidiano? Em atitude reversa, o filme cerca a morte por todos os lados, ao invés do contrário. E consegue até fazer-nos rir dela, na desgraça alheia de um velho que não morre, e conta repetidamente das sete vezes em que não morreu ao ser atingido por um raio.

Os valores de uma vida, e por que não da morte, em um filme que não é sombrio, quase um faz-de-contas para gente grande, jugando estereótipos.

28
jan
09

Obama – Capa da revista Mad americana

24
jan
09

Kanye West responde 2 polêmicas: Filme pornô e 50 cent

Seu nome já foi inserido em agumas polêmicas este ano. Além da intriga com o rapper 50 Cent[leia aqui],  o multi-artista foi posto até para fazer filme porno bissexual! Foi uma notícia falsa, Kanye West teve suas contas de email hackeadas, e aguém tem disparado informações irreais tanto através dos e-mails quanto por fakes no twitter e skype.

Kanye West responde: “Welcome to the Kanye West Word”

sobre 50 Cent [fonte: Revista Rolling Stone]

“So, for me as a fan of him I felt like if he said something negative and tried to make it like I’m negative, It’s almost like if a little kid walks up to you at the airport and is like, ‘Man, I love you so much,’ and then you spit on him. I could never have beef with anybody. I’m not here to beef with anybody. I’m trying to bring people together, I realize that my success and my mouth and everything rub people the wrong way every now and then, but I’m not gonna have beef with anybody.”

sobre os filmes pornôs [em seu próprio blog]

” I HAD THE TWO GREATEST DAYS OF MY LIFE AND WHEN I GET BACK FROM THE LOUIE SHOW I READ SOME SHIT CLAIMING I SAID I’M DOWN TO DO PORN AND SOME BISEXUAL PORN! NOW SOMEBODY HAS BEEN HACKING INTO MY MYSPACE AND SOMEBODY’S ACTUALLY  HACKED INTO MY PERSONAL GMAIL ACCOUNT AND HAS BEEN EMAILING PEOPLE FROM IT… HEY WORLD I NO LONGER HAVE A GMAIL! I FOUND OUT I HAD TWELVE UNAUTHORIZED SKYPE ACCOUNTS UNDER MY NAME! THIS ALL IN THE PAST FOUR DAYS.  WELCOME TO KANYE WEST WORLD! IT’S NOT OFFICIAL. I JUST GAVE  THE PERFORMANCE OF MY LIFETIME FOR OUR NEW PRESIDENT, THEN I FLEW TO PARIS AND THEY DEBUTED MY NEW SHOES THAT I DESIGNED WITH LOUIE VUITTON WHICH WAS A DREAM COME TRUE.     PLEASE I BEG YOU, GIVE ME A BREAK!!! PLEEEEEEEEEEEEEASE!!!   LET ME BE GREAT!!! WHO HAVE I HURT SO BAD THAT THEY WANT TO DESTROY ME?”

imagem retirada do blog de Kanye West

imagem retirada do blog de Kanye West

Posts Relacioandos

Kanye West vs. (quase) Todos [Taylor Swift não foi a primeira]

Kanye West vs. Taylor Swift

Kanye West vs. 50 cent – Round 2, fight!




Principais mensagens

coverblog

escolta alternaniva

Na telha

BlogBlogs

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs
Yoomp

StatCounter

free hit counters